Dicas de economia – Como melhorar a vida financeira no início do ano

Vote nessa matéria: 1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas6 estrelas7 estrelas8 estrelas9 estrelas10 estrelas

     





As compras de final do ano geram grandes dívidas aos cidadãos, o que não significa, necessariamente, iniciar janeiro com contas no vermelho. É possível associar o temo “dívida” a compras parceladas, embora parte das pessoas relacionem a palavra ao seu sentido mais negativo.

Depois desse período de compras, surge novo obstáculo às contas particulares: pagamento de impostos, tais como IPVA e IPTU. Recentemente, dados divulgados pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (Fecomercio) assinalaram que o número de famílias endividadas avançou 12% entre dezembro do ano passado e janeiro de 2011.

Para Dora Ramos, diretora da Fharos Assessoria Empresarial, esse índice compreende o maior acesso dos consumidores ao crédito e o bom nível do otimismo. Em sua visão, o poder de compra incitado pelo 13º salário algumas vezes ilude as pessoas, que deixam de lado as contas de início de ano para dar vazão ao consumo. Para evitar essa recorrência, lista dicas que, se aplicadas, podem melhorar a vida financeira.

A definição de prioridades é o primeiro ponto a ser visto. Se há possibilidades de parcelamento, opte, mas é necessário estar em dia com as contas que só podem ser pagas à vista. Mesmo assim, como segunda dica, é bom evitar o tal parcelamento.

Além dessas duas dicas, Dora ressalta atenção quanto aos pagamentos realizados exatamente na data do vencimento. Qualquer esquecimento pode ser letal, pois pode fazer com que os juros incidentes desestabilizem as finanças.

O dinheiro de plástico (cartão de crédito) só deve ser utilizado quando necessário, e fazer uso do débito é algo mais viável, sempre dentro do saldo em conta. A última dica, uma das mais indicadas por especialistas, é poupar dinheiro, mesmo tendo dívidas e outras contas para pagar.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Assessoria de Imprensa


Participe! Deixe um comentário sobre esta matéria.

Quer realizar um comentário?

*





RSS RSS (comentáos)