Franquia de Bijuterias espera faturar R$ 135 milhões em 2011



  

O sonho do negócio próprio cativa os desejos de qualquer pessoa que ambiciona independência financeira. Para isso realmente acontecer, em muitos casos, é preciso capital inicial, que varia em relação ao porte almejado pelo idealizador.

Em 2011, segundo a Rizzo Franchise, 19 novas marcas robusteceram o setor de Acessórios Pessoais, que agrega Malas e Bolsas, Calçados e Joias e Bijuterias. Um dos exemplos é a rede Morana de bijuterias, que inaugurou 39 franquias no ano.

De acordo com a Rizzo, 18 mil empregos diretos foram gerados com a inserção das 19 marcas no mercado brasileiro. Para Eduardo Morita, diretor de Negócios do Grupo Omatus, o setor de bijuterias finais é um modelo de negócios singular no Brasil. Para se ter ideia, a Morana espera faturar aproximadamente R$ 135 milhões em 2011.





Em meio a dicas de empresários e consultorias especializadas em franquias, está aí uma possibilidade de os brasileiros tentarem seu próprio negócio. Outro exemplo é a Nutty Bavarian, que recentemente abriu oportunidade em Palmas, no Shopping Capim Dourado.

Leia mais: Franquia da Nutty Bavarian em Shopping de Palmas (TO).

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Assessoria de Imprensa



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *