Cartões de Crédito – Maior Preferência entre os consumidores



  

Os jovens da geração Y possivelmente observaram seus pais adquirem máquinas de lavar, televisores, aparelhos de sons e outros utensílios por meio de pagamento em dinheiro vivo ou via cheques. A segunda modalidade referida tem caído em desuso entre boa parte dos brasileiros por inúmeros motivos, um deles a expansão da possibilidade de portar cartões de crédito ou débito, dois meios mais simplificados.

Como consequência dessa tendência, falta de pagamentos no pré-datado passou a ser constatada. Pesquisa divulgada pela Serasa Experian, empresa de análise de crédito, assinala que a inadimplência com cheques caiu 1,8% entre janeiro e outubro de 2010, abraçando, deste modo, o menor nível visualizado dos últimos seis anos.

Segundo a Serasa, os cartões são os preferidos tanto nas compras a prazo como à vista, pois os cheques possuem várias burocracias (consultas, referências pessoais, endereço, telefone etc.) e os plásticos não. Basta digitar uma senha e/ou assinar um recibo.





Para Wagner Tadeu Pinto, diretor da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), o principal motivo da tendência de maior usabilidade de cartões ante cheques é a segurança, uma vez que os cidadãos creem que o valor transferido chegará ao destinatário.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: R7



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *