Coreia do Sul quer aumentar comércio com Brasil



  

O Brasil tem procurado aumentar sua lista de atividades mundo afora, principalmente no que se refere a atuação de empresas nacionais. Outra situação passível de análise é a probabilidade de aumento do desempenho do segmento aéreo com o mesmo setor situado na União Europeia, e vice-versa.

As intenções bilaterais não cessam. Pelo menos é o que Lee Myung-bak, presidente da Coreia do Sul, pediu a Luiz Inácio Lula da Silva, líder brasileiro. Sua intenção é estabelecer robustecimento nas relações entre as duas partes no intuito de estimular as atividades da economia.





Segundo Myung-bak em reportagem veiculada pelo portal de notícias G1, a nação brasileira é a maior parceira comercial da nação sul-coreana entre os países situados no continente sul-americano. Nos dias atuais, siderúrgicas e montadoras de veículos automotores provenientes da Coreia desenvolvem projetos de ampla escala.

Por Luiz Felipe T. Erdei



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *