Educação Financeira – Dicas para a utilização correta do 13º Salário



  

Novembro e dezembro são os dois meses em que o pagamento do 13º salário é realizado nas empresas. Levantamento feito pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) assinalou que o intento deverá inserir R$ 102 bilhões na economia brasileira neste ano, montante superior em 20% ao constatado em 2009, quando R$ 85 milhões foram pagos.

Especialistas, antecipando-se à atual euforia dos consumidores, recomendam que cada qual se preocupe em poupar dinheiro. Para Mauro Calil, educador financeiro, é interessante que os cidadãos destinem 50% do valor para aplicações, no entanto, quando há dividas, deve-se descrevê-las e saber a causa do endividamento. Caso sejam constatados gastos acima de ganhos, o consumidor tem de estar atento, cortar despesas e elaborar, deste modo, uma educação financeira.





De acordo com Reinaldo Domingos, consultor financeiro presidente da Dsop Educação Financeira, gastos de final de ano e viagens podem estar na pauta dos consumidores desde que a pessoa já tenha elaborado seu planejamento e, sobretudo, que não precise quitar dívidas contraídas ao longo do ano.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Band Online



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *