Brasil é pouco vulnerável à alta de preços dos alimentos



  

O Brasil é o 15 º país que é menos vulnerável à alta do preço dos alimentos, de acordo com um relatório divulgado pelo Nomura, um banco de investimentos da Ásia. De acordo com a pesquisa, o Brasil e a Argentina poderiam se beneficiar em caso de aumento no preço dos alimentos em escala global, já que ambos os países são grandes exportadores de diversos tipos de alimentos.

O país menos vulnerável à alta, segundo o Nomura, é a Nova Zelândia, seguida pelo Uruguai e pela Argentina. Os países que mais seriam afetados em caso de aumento nos preços dos alimentos seriam Bangladesh, Marrocos e Argélia.





A pesquisa do banco de investimento analisou dados de 80 países em relação aos alimentos e seu peso no Produto Interno Bruto da nação.

Fonte: www.bbc.com

 Por Luana Neves
 



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *