Instituições Financeiras – Reclamações – Débitos não autorizados



  

O mundo é moderno o suficiente para afastar a ideia de a frase “guardar dinheiro embaixo da cama” vigorar. Atualmente, como já observado há muitas décadas, as instituições financeiras são o meio pelo qual trabalhadores informais ou com carteira de trabalho, bem como aposentados e pensionistas, recebem sua remuneração mensal.

Apesar de o sistema ser seguro – evitando o trabalhador de perambular pelas ruas com cheque ou dinheiro em espécie empunhado nas mãos – reclamações contra os bancos sempre acontecem, seja devido às taxas praticadas em vários dos serviços, seja pelas grandes filas em dias de pagamento. Outros fatores podem ser citados, como é o caso de débitos não autorizados.





Segundo o Banco Central, a última ocorrência anteriormente citada foi o principal alvo de reclamações contra as instituições em agosto, com alta de 13% em comparação a julho passado. Dos mais de 900 protestos, 117 eram concernentes a essa operação, ou seja, quase 13% do total levantado.

A entidade com o maior número de reclamações no mês passado foi o Banco do Brasil (44), seguido pelo Itaú (26). O Bradesco também está na lista e representou 16 do total de queixas, acompanhado pela Caixa Econômica com outras dez.

Por Luiz Felipe T. ErdeiFonte: Band Online



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *