Crescimento na Venda de Imóveis em SP – Abril 2010



  

A manutenção da isenção do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) a materiais de construção até dezembro deste ano foi muito comemorada por pessoas que dependem do setor para estabelecerem negócios e possibilitar a realização de sonhos ao próximo. O programa do governo “Minha Casa, Minha Vida”, convergido a esse fator, tem aumentado a perspectiva de compras de residências novas.

O Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais de São Paulo (Secovi-SP) divulgou no princípio desta semana que a comercialização de imóveis novos na região metropolitana de São Paulo ascendeu 1,9% em abril em comparação ao mês imediatamente antecessor. Os 39 municípios na Grande SP colaboraram, pois, para o aumento das vendas de lares com dois dormitórios, enquanto aqueles com três quartos tiveram baque de 9,4% no mesmo período base.





No acumulado quadrimestral, de acordo com o portal de economia Terra, foram mais de 24,5 mil unidades novas vendidas na Grande São Paulo, quase 11,7 mil correspondentes à capital paulista, ou 47,7%, segundo o Secovi-SP.

Por Luiz Felipe T. Erdei



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *