Crescimento da Economia Brasileira deve chegar a 7,2%, diz CNI



  

O Produto Interno Bruto (PIB) Brasileiro foi um dos maiores em todo o mundo, atrás, por exemplo, dos índices assinalados na China e na Índia, parceria emergente dentro do bloco BRIC. No primeiro trimestre deste ano, o percentual constatado nessa análise foi de 2,7% no 1º trimestre deste ano acima dos últimos três meses de 2009 e outros 9% em comparação anual.

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) voltou a elevar projeções para o crescimento da economia a este ano, dos anteriores 6% para, agora, 7,2%. A entidade avaliou, em nota enunciada à imprensa, que a já mencionada expansão do PIB entre janeiro e março de 2010 foi o principal motivo para essa ascensão.





Além dessa estimativa cerceadora à economia, a CNI também proferiu desenvolvimento na indústria, de antecedentes 8% para 12,3%. Para a entidade, o setor com maior discrepância positiva em relação aos demais é a construção civil e seu poder de retomada após o colapso financeiro, permitindo, pois, projeção de crescimento de 14%.

Por Luiz Felipe T. Erdei



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *