Número de Empregos Formais deve crescer segundo Lula



  

Otimista com o cenário econômico brasileiro, que inclui desde a retomada do crescimento até o aumento do Produto Interno Bruto (PIB), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva crê que a geração de empregos formais, isto é, aqueles com carteira assinada, devem bater recorde no mês de agosto, com cerca de 150 mil postos criados.





Provavelmente, Lula, em seus discursos, queira rentabilizar o nome do seu partido, o PT (Partido dos Trabalhadores) para as próximas eleições. Afinal, os últimos resultados obtidos favorecem, segundo ele, o trabalhador brasileiro e o próprio mercado interno do país.

O presidente, enfim, projeta tais afirmações em relação aos trabalhadores com a mão em cima dos ultimados dados do Caged, instituto que registrou a criação de exatas 138.402 vagas formais em julho deste ano, o melhor saldo de 2009, mas abaixo do mesmo período de 2008, quando foram gerados 203.218 postos.



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *